GRANDE PRÉMIO DOS CAMPEÕES - TROFÉU ANTÓNIO ADEGAS

No próximo fim de semana irá disputar-se a primeira prova por etapas para cadetes de 2019, com duas etapas de 76 km.
Sábado, partirá para a estrada às 15h00, uma etapa plana com partida em Almeirim e chegada a Vila Franca de Xira, por volta das 17h00. No domingo, às 10h00 terá inicio a etapa, que à partida irá decidir a competição, com partida e chegada a Santiago do Cacém.     
Valentim Ferreira, Duarte Gama, Nunno Cardoso, Diogo Venâncio e Tomás Mota, serão os atletas que irão defender as cores do Milharado.   

Regulamento Particular
GRANDE PRÉMIO DOS CAMPEÕES / TROFÉU ANTÓNIO ADEGAS  - CADETES - 13 a 14 de abril de 2019

 

ARTIGO 1 ORGANIZAÇÃO

O Grande Prémio dos Campeões é uma organização conjunta das Associações de ciclismo de Lisboa e Setúbal, com o apoio da Federação Portuguesa de Ciclismo de acordo com os seus regulamentos.

Disputa-se nos dias 13 e 14 de abril de 2019

ARTIGO 2 TIPO DE PROVA

A prova está inscrita no calendário nacional na classe 2.17 e é reservada a corredores da categoria de Cadetes.

ARTIGO 3 PARTICIPAÇÃO

De acordo com o regulamento, a prova é aberta às equipas com a categoria de Cadetes.

De acordo com o artigo 2.2.003 do regulamento, o número de corredores por equipa é limitado a um mínimo de 5 e um máximo de 7.

ARTIGO 4 SECRETARIADO

O secretariado de partida realiza-se no dia 13-04-2019 das 12:00h às 15:00h nas instalações do Estádio Municipal de Almeirim.

A confirmação de participantes decorre no dia 13-04-2019, das 12:15h às 13:45h no secretariado. A confirmação de participantes termina no máximo 15 minutos antes do início da reunião com os Diretores Desportivos.

A reunião dos Diretores Desportivos, organizada de acordo com o artigo 1.2.087 do regulamento, na presença dos membros do Colégio de Comissários, realiza-se às 14:00h no local do secretariado.

ARTIGO 5 RADIO-VOLTA

As informações da corrida são transmitidas em Rádio Volta frequência 160.23750 MHZ

ARTIGO 6 ASSISTÊNCIA TÉCNICA NEUTRA

O serviço de assistência técnica neutra é assegurado pela organização.

O serviço é assegurado por dois carros de apoio neutro.

ARTIGO 7 INCIDENTES DE CORRIDA NOS 3 ÚLTIMOS KM

Em caso de queda, furo ou incidente mecânico devidamente constatado, nos 3 últimos quilómetros de uma etapa em linha, o ou os corredores acidentados são creditados com o tempo do ou dos corredores em companhia dos quais se encontravam no momento do acidente. A classificação é a da respetiva passagem pela linha de chegada.

Se na sequência de uma queda devidamente constatada nos 3 últimos quilómetros, um corredor ficar impossibilitado de cruzar a linha de chegada, é classificado no último lugar da etapa e é-lhe creditado o tempo do ou dos corredores em companhia dos quais se encontrava no momento do acidente.

ARTIGO 8 PERCENTAGEM DE FECHO DE CONTROLO

De acordo com as características das etapas, as percentagens de fecho de controlo são fixadas da seguinte forma:

Etapa 1 - 10%

Etapa 2 - 10%

De acordo com o artigo 2.6.032 do regulamento, o Colégio de Comissários pode aumentar as percentagens de fecho de controlo depois de consultar o Organizador.

ARTIGO 9 CLASSIFICAÇÕES

São estabelecidas as seguintes classificações:

1) Classificação Geral Individual por Tempos – Camisola Amarela

2) Classificação Geral por Equipas

3) Classificação Geral por Pontos – Camisola Verde

4) Classificação Geral da Montanha – Camisola Azul

5) Classificação Geral Melhor Cadete 1º ano – Camisola Branca

1- Classificação Geral Individual por Tempos

Obtém-se através da soma dos tempos conseguidos nas etapas por cada corredor, tendo em conta as penalizações, sendo melhor classificado o que menor tempo totalizar.

Em caso de empate, o desempate é feito tendo em conta a soma dos pontos obtidos em cada etapa, sendo melhor classificado o que tenha totalizado menor número de pontos. Estes pontos são atribuídos de acordo com os lugares conseguidos: um ponto ao primeiro, dois pontos ao segundo, três pontos ao terceiro, e assim sucessivamente.

Se o empate ainda persistir, beneficiará o corredor melhor classificado na última etapa.

2- Classificação por Equipas

A Classificação Geral por Equipas obtém-se pela soma dos três melhores tempos individuais de cada equipa em todas as etapas disputadas. Em caso de empate, utilizam-se os seguintes critérios de desempate:

1. Número de primeiros lugares na classificação por equipas nas etapas,

2. Número de segundos lugares na classificação por equipas nas etapas, etc.

Se persistir o empate, as equipas são desempatadas pelo lugar do seu melhor corredor na classificação geral individual.

Uma equipa que fique reduzida a menos de três corredores é eliminada da classificação geral por equipas.

3- Classificação por Pontos

A Classificação é estabelecida pela soma dos pontos obtidos em cada uma das etapas em linha e nas Metas Volantes.

É atribuída a seguinte pontuação em cada uma das Metas Volantes: ( 2 )

6 – 4 – 2 pontos aos 3 primeiros classificados

Nas chegadas das etapas acima indicadas:

10 – 8 – 6 – 4 – 2 pontos aos 5 primeiros classificados.

Se numa chegada se verificar que vários corredores são classificados ex-aequo, é atribuída a cada um a pontuação correspondente ao primeiro lugar em que se inicia o ex-aequo.

De acordo com o artigo 2.6.017 do Regulamento, em caso de empate na classificação geral por pontos, utilizam-se os seguintes critérios de desempate:

1. Número de vitorias nas etapas,

2. Número de vitorias nos sprints intermédios que contam para a classificação geral por pontos,

3. Classificação geral individual por tempos.

4- Classificação da Montanha

A Classificação obtém-se através da soma dos pontos obtidos no conjunto das contagens do prémio de montanha pontuáveis para esta classificação. (1 )

É atribuída a seguinte pontuação nos prémios de montanha:

Pontos Lugar

PM-3

5

3

2

1

5- Classificação Melhor Cadete 1º ano

A Classificação é reservada aos corredores nascidos em 2004, de acordo com a Classificação Geral Individual por Tempos.

ARTIGO 10. TROFÉUS / FINAL

São atribuídos os seguintes trofeus:

Classificação Geral

1º Cl. Troféu

2º Cl. Troféu

3º Cl. Troféu

Classificação por Pontos

1º. Cl. Troféu

Classificação da Montanha

1º.Cl. Troféu

Classificação Melhor Cadete 1º. Ano

1º. Cl .Troféu

Classificação por Equipas

1ª Equipa da classificação geral final: Troféu

2ª Equipa da classificação geral final: Troféu

3ª Equipa da classificação geral final: Troféu

ARTIGO 11 ANTIDOPAGEM

O regulamento antidopagem da UVP-FPC aplica-se integralmente nesta prova e a recolha é efetuada em instalações a indicar junto à meta.

ARTIGO 12 CERIMÓNIA PROTOCOLAR

De acordo com o artigo 1.2.112 do regulamento, os seguintes corredores devem apresentar-se diariamente na cerimónia protocolar:

- O vencedor da etapa

- O líder da classificação Geral Individual por Tempos

- Os líderes das restantes classificações

Devem apresentar-se, regra geral, no prazo máximo de 10 minutos após a sua chegada. No caso de algum dos líderes das camisolas chegar atrasado, este deve dirigir-se imediatamente para o pódio após a sua chegada.

Além disso, no final da prova, devem ainda apresentar-se na cerimónia protocolar:

a equipa vencedora da classificação geral por equipas. (corredores e DD)

Dois representantes da 2ª e 3ª equipas.

Camisolas de líder

O líder de cada classificação deverá envergar a camisola símbolo da respetiva classificação. Se um corredor for líder de várias classificações, a ordem de prioridade das camisolas é a seguinte:

1) Classificação Geral Individual por Tempos – Camisola Amarela

2) Classificação Geral por Pontos – Camisola Verde

3) Classificação Geral da Montanha – Camisola Azul

5) Classificação Geral Melhor Cadete 1º ano – Camisola Branca

Se um corredor for líder de várias classificações, enverga apenas uma camisola de acordo com a ordem de prioridade acima indicada, neste caso, a outra camisola é envergada pelo corredor seguinte dessa classificação, exceto se este for líder de outra classificação ou se tiver que envergar a camisola de Campeão Nacional.

ARTIGO 13 PENALIDADES

Aplicação exclusiva da Tabela de Penalidades do regulamento da UVP-FPC.

Artº 14 Permanência em Prova

Por diretrizes emanadas do Ministério da Administração Interna, tendo em conta garantir uma maior segurança aos participantes em provas de ciclismo, e por outro lado salvaguardar a imagem do ciclismo perante a opinião pública regulamenta-se o seguinte:

a) É estabelecido um teto, de 15 minutos contados a partir do grupo principal da corrida e o carro vassoura, que quando ultrapassado, os corredores nesta situação serão aconselhados a abandonar a prova e entregar o dorsal.

b) Todos os participantes em provas de 1 dia estão sujeitos a esta norma, que também se aplica nas provas por etapas das classes 2.14 e 2.17

ARTIGO 15 ECOLOGIA

A organização do Grande Prémio dos Campeões na salvaguarda dos bons princípios de proteção ambiental e de promoção do ciclismo ecológico, apela aos diversos intervenientes no evento no sentido a reforçar a adoção de medidas que permitam a manutenção da limpeza dos locais de partida, chegada e percurso da prova.

Serão criadas e estarão claramente identificadas, duas áreas para os ciclistas colocarem o lixo.