BALANÇO DA ÉPOCA 2020

O balanço desta época, na qual registamos 21 anos ao serviço do ciclismo de formação, acabou por ficar marcada pela pandemia que afetou o mundo e que contribuiu para destruir muito do trabalho do desporto junto das camadas jovens. Ainda assim foi uma época com poucas provas, mas com resultados bastante positivos.

Os escalões mais afetados com a interrupção das provas, acabaram por ser as classes dos mais jovens, normalmente conhecidas pelas classes de “escolas”, já que apenas os juvenis tiveram a oportunidade de competir e mesmo esses apenas nas provas realizadas no velódromo Nacional de Sangalhos. Neste escalão logramos alcançar mais um título de campeão nacional de juvenis, na disciplina de 500 metros.

Ao nível das classes de competição, cadetes, juniores, femininas e masters, a época que prometia vir a ser bastante positiva, em virtude de termos muitos atletas em todos os escalões, acabou por ficar muito aquém das espectativas, devido ao cancelamento da maioria das provas. Ainda assim, conseguimos marcar presença em todas as provas realizadas em Portugal e ainda na primeira prova da Taça de Espanha com o escalão de juniores.

Tivemos ainda grande destaque com o cadete Tomás Mota, que fez a dobradinha e conquistou a Taça de Portugal e o campeonato nacional de Ciclocross.

Numa época com um calendário bem diferente, voltaram a disputar-se os campeonatos de rampa. Os nossos atletas estiveram em bom plano, em particular os cadetes Tomás Mota e Laura Cardoso, que se sagraram campeões inter-regionais das Associações de ciclismo de Lisboa, setúbal e Santarém.

Nos campeonatos Nacionais, registámos a conquista de mais 2 títulos pelo nosso paraciclista João Marques, que revalidou os títulos de estrada e de contra-relógio.

Excelente prestação dos nossos cadetes e juniores, nos campeonatos nacionais de estrada, com todos os atletas a conseguirem concluir as provas e onde alcançámos a medalha de bronze pelo júnior Diogo Antunes e o 5º lugar pelo cadete Duarte Rufino.

Apesar do saldo financeiro da época ter sido negativo, em virtude de não se terrem recebidos muitos dos patrocínios, conseguimos fechar mais uma época com as finanças em ordem, fruto de uma gestão rigorosa das verbas e com o facto de estas serem aplicadas exclusivamente para os nossos atletas (diretamente ou através dos meios colocados à sua disposição), já que todos os que colaboram com a escola de ciclismo o continuam a fazer de forma graciosa, foi-nos possível ter à nossa disposição meios que permitiram disponibilizar aos nossos atletas condições ímpares na modalidade, com os escalões de competição a terem todos os custos suportados pela escola. Mais uma época, em que continuamos a ser uma das escolas que melhores condições disponibiliza aos seus atletas, desde o transporte às estadias, passando por toda a alimentação, incluindo a desportiva.

Tendo em conta a tradição da nossa escola no que respeita ao ciclismo de pista e no sentido de proporcionarmos melhores condições aos nossos atletas, procedemos à aquisição de mais 1 bicicleta de pista e reforço de algum material para as restantes. Neste momento possuímos 15 bicicletas de pista.

Em 2020, tivemos filiados 48 atletas, distribuídos pelos vários escalões:

4 Masters/amadores - 5 Femininas  - 1 Paraciclista - 8 Juniores - 10 Cadetes - 8 Juvenis - 3 Infantis - 7 Iniciados - 2 Pupilos

Marcámos presença em 38 competições, onde alcançamos 29 pódios e 14 vitórias. Dos resultados alcançados ao longo da época destacam-se os seguintes:        

- Tomás Mota - Campeão Nacional de ciclocross, cadetes;
- Tomás Mota – Vencedor da Taça de Portugal de ciclocross, cadetes;
- Pedro Cruz – Campeão Nacional, (500 metros), juvenis;
- Pedro Cruz – Medalha de Bronze, C.N. de pista (scratch), juvenis;
- Rafael Santos - Medalha de Bronze, C.N. Pista (Corrida por pontos), juniores;
- Manuel Rodrigues – Medalha de bronze C.N. de pista (scratch); Masters 50;
- João Marques – Campeão Nacional de contra-relógio, paraciclismo;
- João Marques – Campeão Nacional de estrada, paraciclismo;
- Tomás Mota – Campeão Regional de rampa, cadetes;
- Laura Cardoso – Campeã Regional de rampa, cadetes;
- Rute Santos – Vice-Campeã Regional de rampa, juniores;
- Nuno Almeida – Vice-campeão Regional de rampa, Masters 40;

Apesar da maioria das provas não se ter realizado, esta época verificou-se a necessidade de uma maior utilização das nossas viaturas nos treinos, em virtude das orientações relacionadas com a pandemia, que aconselhavam a saída de grupos reduzidos para a estrada.

Em 2020 acabaram por ser estes os números:

- 12.000 km percorridos pelas nossas viaturas;

- 1.409 horas de trabalho distribuídas pelos 5 elementos que integraram o nosso staff.

Uma palavra de apreço a todos os que, de alguma forma colaboraram com a Escola de ciclismo Manuel Martins, da A.C.D. Milharado, nomeadamente os Patrocinadores e alguns pais, cujo apoios são de extrema importância para a continuidade deste projeto de formação de jovens sem os quais este balanço, não teria sido tão positivo.

Por fim e apesar de um ano tão difícil, decidimos avançar, em 2021, com o projeto antigo da criação da equipa de sub-23, como forma de dar resposta a uma lacuna grave no respeita ao ciclismo de formação

Escola de ciclismo Manuel Martins, um projeto de poucos para muitos!

APOIOS: DRIVEonHOLIDAYS – EXPRESSGLASS - SOBRALCAR – CREDIBOM - CÂMARA MUNICIPAL DE MAFRA - LASO TRANSPORTES - PEDRO MALHÃO - CARREIRA & GAMA - CCAM MAFRA - CHICO DAS CEBOLAS – LEVAGORA -  TRANSGRUA – MUNICÍPIO  SOBRAL MONTE AGRAÇO - PNEUS GAMA - PEROLA PARALELA – MOVEFREE - JERÓNIMO & MORAIS - PNEUS KLEBER – INTERMARCHÉ - ROBERT MAUSER - VENDA PINHEIRO - VIANA & SOUSA/EDIMEL - FERNANDO VICENTE SEGUROS - CARPINTARIA MEC. JOSÉ ANTº FERNANDES - TRANSPORTES FLORÊNCIO & SILVA – AGRIVENDA - ZÉ DAS MOLAS – PAULO JORGE ELECTRCISTA AUTO - JUNTA DE FREGUESIA DO MILHARADO - MOTOREIS / CICLOREIS - JB PEÇAS - MPM Portugal - JORNAL O ERICEIRA – JORNAL BADALADAS – JORNAL DE MAFRA – JORNAL O CARRILHÃO- RCM – RÁDIO CONCELHO DE MAFRA - SONYMARIO LDA - FEDERAÇÃO PORTUGUESA DE CICLISMO - ASSOCIAÇÃO DE CICLISMO DE LISBOA – BOMBEIROS VOLUNTÁRIOS DA MALVEIRA