GRANDE PRÉMIO JORNAL DE NOTÍCIAS NA ESTRADA ATÉ DOMINGO

Entre 31 de agosto e 5 de setembro a nossa equipa de sub-23 irá disputar a ultima prova por etapas da época. 
Francisco Duarte, Carlos Rodrigues, Tomás Bauwens, Diogo Gaboleiro, Diogo Pereira e Rafael Santos, irão ser os nossos atletas que, mais uma vez, irão dignificar as nossas cores entre o pelotão principal do ciclismo Português.

Percurso: 
https://www.fpciclismo.pt/calendarios_ficheiros/2021/anexo_percurso-77L45NG6L5nMp3l9vAh7J.pdf

Regulamento: 
https://www.fpciclismo.pt/calendarios_ficheiros/2021/anexo_regulamento_particular-77L45NG6L5nMp3l9vAh7J.pdf

A 30.ª edição do Grande Prémio Jornal de Notícias corre-se entre terça-feira, 31 de agosto, e domingo, 5 de setembro, ao longo de seis etapas e um prólogo. É a derradeira prova por etapas a juntar o pelotão profissional e as equipas de clube portuguesas na temporada de 2021.
 
Depois do interregno de 2020, motivado pela pandemia, o Grande Prémio Jornal de Notícias regressa à entrada com um percurso de 679,7 quilómetros, marcado pela média montanha e por dois contrarrelógios.
 
O primeiro exercício individual acontece logo na manhã desta terça-feira. É um prólogo de 1800 metros a disputar nas ruas de Gondomar, a partir das 10h30. Ainda na terça-feira, às 15h25, o pelotão faz-se à estrada para a primeira etapa em linha, 85,8 quilómetros entre Gondomar e Gaia.
 
A segunda etapa, no dia 1 de setembro, liga o Parque Oriental do Porto a Ovar através de um itinerário de 124,5 quilómetros, a percorrer a partir das 11h25. No dia seguinte esperam-se grandes decisões. A terceira etapa é uma crono-escalada de 7,4 quilómetros, entre Santo Tirso e o alto de Nossa Senhora da Assunção. O primeiro ciclista vai para a estrada às 14h30.
 
Depois de uma classificação mais definida pelo contrarrelógio de véspera, os corredores deslocam-se para Trás-os-Montes, uma vez que a quarta etapa, com 149,5 quilómetros, tem partida e chegada em Vila Real. Inicia-se às 11h25 de dia 3 de setembro.
 
A quinta etapa, a disputar no sábado, 4 de setembro, tem 132,2 quilómetros, com partida e chegada em Valongo. Arranca às 11h25, tal como a sexta e última tirada, marcada para domingo. A etapa final é também a mais longa da prova, 178,5 quilómetros entre Gaia e Viana do Castelo.
 
Todas as etapas em linha têm um perfil semelhante, onduladas, com média montanha a marcar o ritmo competitivo. A crono-escalada adivinha-se decisiva, mas não é de excluir uma movimentação que surpreenda e deixa a corrida com o desfecho encaminhado numa etapa inesperada, tal como a fuga que deu a vitória final a Ricardo Mestre na edição de 2019 da prova.
 

Fonte: UVP-FPC