Sobre Nós


A Associação Cultural e Desportiva do Milharado, é uma associação sem fins lucrativos, cuja fundação remonta ao ano de 1972, situando-se a sua sede na freguesia do Milharado, concelho de Mafra e conta atualmente com cerca de 350 sócios.

Embora em Portugal se fale cada vez mais na necessidade em fomentar e apoiar o desporto, junto das camadas jovens, a realidade acaba por nos mostrar uma situação bastante diferente, onde o pouco que existe para as crianças e jovens, vive praticamente à custa da “carolice” de algumas pessoas e de associações como a nossa, cujos apoios estatais são insignificantes ou mesmo inexistentes.

No ano de 2000 e após a realização de um evento dedicado ao ciclismo, para as classes de formação, verificou-se uma forte adesão dos jovens da nossa região, o que acabou por implicar que algumas pessoas do clube, tivessem avançado com a criação da secção de ciclismo, que incluía uma escola de ciclismo e uma equipa de cadetes.

Mais tarde, em 2003, nasceu a equipa de juniores, como forma a manter a formação dos nossos atletas cadetes que entretanto eram obrigados a sair da nossa escola devido à mudança de escalão. Situação que voltou a acontecer em 2015, depois de em 2012 a escola ter deixado acabar o escalão.

No final de 2011, com o falecimento daquele que foi o grande impulsionador do ciclismo no Milharado, Sr. Manuel Martins, a escola passou por um período algo conturbado, com os dirigentes de então a optarem no final da época de 2013, por avançar para um novo projeto mais ambicioso, deixando a escola de ciclismo em situação de pré-encerramento, com inúmeras dividas e com apenas 6 atletas.

2014, acabou por ser o ano do recomeço com a entrada do antigo braço direito do saudoso “Ti Manel”, o treinador Manuel Rodrigues, que em conjunto com alguns dos pais que não queriam deixar que a escola de ciclismo desaparecesse, conseguiram arranjar atletas, regularizar as dívidas e começar um trabalho sustentado que levou a que a escola de Ciclismo Manuel Martins, nome entretanto adotado em memória do seu criador, começasse a recuperar a imagem de outros tempos e em 2015, começasse a afirmar-se e a recuperar a imagem de outrora, como uma das escolas mais reconhecidas ao nível da formação de jovens ciclistas.

Em 2016, fruto do grande trabalho realizado, acabamos por ter mais de 50 atletas distribuídos por todos os escalões de formação, números que nos fazem ser a maior escola de ciclismo de estrada em Portugal. 

É de realçar que esta escola de ciclismo, tem como principal objetivo a formação de jovens com idades compreendidas, entre os 5 e os 18 anos de idade.

A participação dos nossos vários escalões nas mais de 50 provas ao longo ano, têm feito desta escola uma das escolas de ciclismo mais respeitadas e reconhecida pela sua qualidade, quer a nível nacional quer internacional, situação que tem originado a presença de atletas do Milharado na seleção Nacional, praticamente em todas as épocas, representado Portugal em provas realizadas por toda a Europa.

Embora os resultados não sejam o principal objetivo da nossa escola de ciclismo, uma vez que se tratam de jovens e o mais importante é a sua formação como desportistas e bons cidadãos, temos registado ao longo dos anos vários resultados relevantes, nomeadamente 55 títulos nacionais e mais de 500 vitórias:

  • 2003

    • 1 Campeão nacional de estrada, Cadetes, Nuno Azevedo;

  • 2004  

    • 1 Campeão nacional de pista, Juniores;

  • 2005

      • 1 Campeão nacional de estrada, Cadetes; Fábio Silvestre

      • 1 Vice-Campeã Nacional de Estrada, Isa Baleiras

      • 3 Campeões nacionais de pista, Juniores;

      • 1 Campeão nacional de Pista, Cadetes;

  • 2006

      • 1 Campeão nacional de estrada, Cadetes;

      • Conquista do Troféu Nacional de Pista, Juvenis;

      • Conquista do Troféu Nacional de Pista, Perseguição individual, Cadetes;

      • Conquista do Troféu Nacional de Pista, KM, Cadetes;

      • Conquista do Troféu Nacional de Pista, Juniores;

      • 44 Vitórias a nível individual;

      • 25 Vitórias coletivas;

      • Participação a convite, no “IX Trofeo de Ciclismo Ciudad de  Badajoz”, Espanha, onde vencemos individual e coletivamente, tendo vencido ainda os prémios da montanha e metas volantes.

  • 2007

      • Campeão Nacional de pista, critério, cadetes;

      • Campeão Nacional de pista, velocidade, cadetes;

      • Vice-Campeão Nacional de pista, critério, juniores;

      • Campeão Nacional de pista, juniores, velocidade;

      • Conquista do Troféu Nacional de Pista, velocidade, cadetes;

      • Conquista do Troféu Nacional de Pista, velocidade, Juvenis, Emanuel Brás;

      • Conquista do Troféu Nacional de Pista, juniores, critério, André Silva;

      • Conquista do Troféu Nacional de Pista, juniores, velocidade, Tiago Nepomuceno;

      • Vencedor da Taça de Portugal de estrada, na categoria de Cadetes, Vitor Lopes;

      • 26 Vitórias em provas a nível individual

      • 21 Vitórias coletivas.

  • 2008

      • Vice- Campeão Nacional  de Estrada – Cadetes, Gonçalo Rodrigues;

      • Vice campeão nacional de pista, cadetes, critério, Roberto Santos;

      • Equipa Vice-Campeã Nacional de pista – perseguição equipas;

      • Conquista da Taça de Portugal de Pista, cadetes, critério, Roberto Santos;

      • Conquista da Taça de Portugal de Pista, cadetes, Velocidade, Gonçalo Rodrigues;

      • Conquista da Taça de Portugal de Pista, cadetes, perseguição coletiva;

      • Conquista da Taça de Portugal de Pista, juniores, perseguição coletiva;

      • Vitória coletiva no Grande Prémio Internacional Alves Barbosa;

      • 3º Lugar coletivo na 1ª Volta a Portugal de Cadetes;

      • 16 Vitórias a nível individual, nos vários escalões de formação

      • 18 Vitórias coletivas.

  • 2009

      • Campeã Nacional de contra-relógio em cadetes femininos; Susana Conceição

      • Campeões Nacionais de pista, Perseguição coletiva juniores, Gonçalo Rodrigues, André barros, Renato Avelar e Vitor Lopes;

      • Campeões Nacionais de pista, Perseguição coletiva Cadetes, António Barbio, Cláudio Reis, Adriano Cruz e André Vieira;

      • Campeão Nacional pista, cadetes,  velocidade, Adriano Cruz;

      • Campeão Nacional pista, juniores, critério, Renato Avelar;

      • Campeão Nacional pista, juniores,  velocidade, Vitor Lopes

      • Vitória na Taça de Portugal de pista, cadetes, velocidade, André Vieira;

      • Vitória na Taça de Portugal de pista, cadetes, velocidade, André Vieira;

      • Vitória na Taça de Portugal de pista, cadetes, perseguição coletiva;

      • 75 Vitórias a nível individual;

      • 36 Vitórias coletivas;

  • 2010

      • Campeã Nacional de contra-relógio, juniores femininos;

      • Campeões Nacionais de pista, Perseguição coletiva, Cadetes, Adelino Pires, Cláudio Reis, João Santos e André Vieira;

      • Campeão Nacional pista, cadetes, critério, João Santos;

      • Campeão Nacional pista, juniores, velocidade, Gonçalo Rodrigues

      • Vice-Campeão Nacional pista, juniores, velocidade, André Azevedo;

      • Vice-campeã de contra-relógio em elites femininos, Daniela Reis;

      • Vencedor Taça de Portugal de Pista, cadetes,  perseguição individual, João Santos 

      • Vencedor Taça de Portugal de Pista, cadetes,  perseguição coletiva;

      • Vencedor Taça de Portugal de Pista, cadetes, velocidade, Gonçalo Rodrigues;

      • Vencedor Taça de Portugal de Pista, Juniores femininos, perseguição individual, Daniela Reis;

      • Vencedor Taça de Portugal de Pista, Juniores femininos, critério, Daniela Reis;

      • 81 Vitórias a nível individual, nos vários escalões; 

      • 25 Vitórias coletivas

  • 2011

      • Campeã Nacional de contra-relógio, juniores femininos;

      • Campeã Nacional de pista, juniores femininos,  critério;

      • Vice-Campeã Nacional de pista, juniores femininos, perseguição individual;

      • Vice-Campeã Nacional de pista, juniores femininos, velocidade;

      • Vice-Campeã Nacional de pista, juniores femininos, critério;

      • Vice-Campeão Nacional de pista, juniores, critério;

      • Vencedora da Taça de Portugal de estrada, juniores femininos;

  • 2012

      • Vice-Campeã Nacional de pista, juniores femininos, perseguição individual;

      • Vice-Campeã Nacional de pista, cadetes femininos, perseguição individual;

      • Vice-Campeã Nacional de pista, cadetes femininos, Eliminação;

      • Vice-Campeã nacional estrada, juniores femininas;

      • Campeã nacional contra relógio, juniores femininas;

  • 2013

      • Campeã Nacional de contra-relógio em elites femininos;

      • Vice-Campeã Nacional de pista, juniores femininos, perseguição individual;

      • Vice-Campeã Nacional de pista, cadetes femininos, perseguição individual;

      • Vice-Campeã Nacional de pista, cadetes femininos, Scratch;

  • 2014

      • 3º Lugar no Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo

      • 33 Vitórias a nível individual, nos vários escalões; 

      • 10 Vitórias coletivas

  • 2015

      • Campeã Nacional de Pista, Cadetes femininas, 500 metros;

      • Campeã Nacional de Pista, Cadetes femininas, scratch;

      • Vencedora Taça de Portugal Cadetes Femininas;

      • Campeã Nacional de Estrada, Cadetes femininas;

      • Vice-Campeã Nacional de Contra Relógio, Cadetes femininas;

      • 2º Lugar coletivo na 8ª Volta a Portugal de Cadetes;

      • 2º Lugar no Encontro Nacional de Escolas de Ciclismo;

      • 51 Vitórias a nível individual, nos vários escalões; 

      • 10 Vitórias coletivas

  • 2016

      • Campeã Nacional de Pista, Cadetes femininas, scratch;

      • Vice-Campeã Nacional de Pista, Cadetes femininas; 500m;

      • Vice-Campeã Nacional de Pista, Cadetes femininas, critério;

      • Campeão Nacional de Pista, Cadetes, Ominum;

      • Campeão Nacional de Contra relógio, Cadetes;

      • 35 Vitórias a nível individual, nos vários escalões; 

      • 6 Vitórias coletivas

Como corolário do trabalho realizado ao longo das 16 épocas, temos atualmente 4 atletas profissionais que passaram pela nossa escola:

  • Daniela Reis, DN 17 Poitou Charentes (França)

  • Fábio Silvestre, Leopard Development Team (Luxemburgo)

  • António Barbio, Efapel (Portugal)

  • Amaro Antunes, LA Aluminios, Antarte (Portugal)